quinta-feira, julho 07, 2011

Demolição do estádio Machadão

O s preparativos para a demolição do estádio Machadão começam no dia 15 deste mês, quando o governo anunciará em edital as medidas de segurança para a implosão da praça esportiva, que deverá ocorrer de 15 de agosto a 15 de setembro. De acordo com secretário especial da Copa, Demétrio Torres, o cronograma das obras da Arena das Dunas prevê uma preparação de até dois meses para a derrubada completa do antigo estádio. Depois da retirada dos entulhos é que se dará a tão esperada construção da Arena que sediará uma parte dos jogos do Mundial de 2014.


Construtora responsável pela construção da Arena das Dunas já cercou o estádio Foto: Eduardo Maia/DN/D.A Press
"O cronograma das obras não mudou absolutamente nada, tudo isso já estava previsto, o que falta apenas é o edital para revelar à população a equipe que trabalhará nos preparativos e o procedimento para a implosão do estádio", revelou Demétrio. Segundo o secretário, a implosão precisa seguir uma série de normas de segurança para evitar riscos aos moradores da redondeza. Todas as residências, edifícios e prédios comerciais num raio inferior a 1.000 metros serão cadastrados e orientados como proceder no dia da detonação dos explosivos.

Caso ocorram abalos nessas edificações todos serão indenizados. "A população precisa tomar conhecimento que peritos devidamente identificados visitarão suas residências no determinado raio de ação, verificando o estado da construção antes da implosão do estádio", explicou Torres. A implosão ocorrerá em todo o anel superior, além do setor de cadeiras do Machadão. O restante será realizado de forma mecânica.

Os trabalhos para a retirada dos materias internos do estádio já começaram, além da grama que está sendo reaproveitada nos canteiros da cidade, também serão retirados as grades de ferro, cadeiras, luminárias, esquadrias, material hidráulico e louças sanitárias, tudo que pode ser aproveitado em construções e serviços de manutenção da prefeitura.

Machadinho

A demolição do ginásio Machadinho será no mesmo período. Ao contrário do Machadão, o seu desmonte será de forma mecânica, sem explosivos.


FONTE: Diario de Natal


0 comentários:

Postar um comentário